angel

 

Os Anjos nos foram dados por Deus para ajudar-nos em todos os momentos e situações de nossa vida, e cremos, eles não se afastam de nós nem mesmo nas ocasiões que somos tentados e flagelados, nos garante o bispo de Milão, Santo Ambrósio em um de seus sermões.

A Igreja nos ensina que nosso Criador, reconhecendo a constante fraqueza de suas criaturas se dispôs a oferecer a cada uma delas um acompanhante, ao qual designamos de Anjo da Guarda.

Ao sermos concebidos, ganhamos de Deus um Anjo que tem a missão de guiar-nos, proteger-nos e conduzir-nos de volta ao nosso Criador, ou seja, os Anjos da Guarda têm o compromisso de levar-nos para a Eternidade com Deus.

É necessário despir-nos do conceito de Anjo da Guarda constituído a partir de nossa infância: anjinhos barrocos alados ou de mãozinhas postas velando-nos ao atravessar uma ponte. Aliás, estas figuras representam sim os seres angélicos em sua missão: seres alados indicam que vem dos céus, enviados por Deus e estão a velar-nos na íngreme travessia desta vida até a margem segura nos braços do Pai Eterno. No entanto precisamos recordar que se a travessia é íngreme e cercada de perigos, nosso bom Deus não colocaria seres frágeis e limitados a nos velar, pelo contrário, Deus nos presenteia com um Anjo forte e poderoso, ‘um Anjo experimentado nas coisas de Deus e nos mistérios de Deus’.

Aliás, você sabia que todos os Anjos existem desde o início da criação? Isso mesmo, num único ato criador, Deus criou todos os Anjos! Não só foram criados como também passaram pela prova: tiveram que escolher entre amar e servir a Deus ou se rebelar contra Ele, como fizeram os anjos maus.

Logo, temos um Anjo da Guarda que foi designado por Deus quando nascemos a cuidar de nós, e, podemos ficar tranquilos que ele já passou na prova e está capacitado a cumprir a missão que Deus lhe confiou: levar a Deus nossas mensagens, trazer o querer de Deus até nós alimentando nossa alma com inspirações divinas, proteger e defender-nos contra os demônios, etc., como destaca o grande São João da Cruz: “Os Anjos são os nossos pastores, eles não só levam a Deus nossas mensagens, como nos trazem também as de Deus. Eles alimentam nossas almas com suaves inspirações e comunicações divinas. Deus se vale deles para se comunicar conosco. Como bons pastores, protegem-nos e defende-nos contra os lobos, ou seja, os demônios”.

Tenha muita fé, devoção e intimidade com o seu Anjo da Guarda, pois ele é o seu Amigo fiel mais certo mesmo nas horas incertas.

 

Pe. Rosinei Toniette

20.01.2022

 

Comentários